Administradoras de condomínios são responsáveis pela folha de pagamento dos colaboradores que atuam nos condomínios que administram. Por isso, investir na automação do departamento de Recursos Humanos (RH) evita, principalmente, a perda de tempo e os riscos trabalhistas.

Normalmente, o lançamento de informações e apuração da folha ocorre manualmente, o que torna a atividade extremamente desgastante e demorada, pois são dias de trabalho manual.

Porém, quando essa função se torna automática, basta um clique e a equipe do RH terá mais tempo para pensar em ações estratégicas voltadas à gestão de pessoas. 

Além da agilidade e praticidade, automatizar o RH é garantia de organização, precisão e segurança contra passivos trabalhistas. É sobre esses benefícios que falaremos a seguir.

1. Apuração da  folha de pagamento em segundos

Com um terminal biométrico todos os dados referentes a horários de entrada e saída de colaboradores do condomínio estão registrados em nuvem, com servidor online e sempre disponível. 

Assim, o lançamento de informações ao software contábil da administradora deixa de ser manual. O trabalho se resume a transferir as informações de um sistema para outro, em poucos segundos.

2. Ter informações precisas e detalhadas

A folha ponto dificilmente é preenchida com rigor pelos funcionários. Geralmente, seria necessário que quatro vezes ao dia houvesse o registro de horários. Porém, é comum que o documento seja completo de uma vez só, com horários muito semelhantes e somente quando a folha é levada ao RH, no final de mês. 

Já com o registro biométrico, os horários informados são precisos e de fato condizentes com os momentos de chegada e saída dos funcionários. Para o departamento de RH, não haverá dúvidas sobre horas extras ou erros no lançamento de informações. 

3. Evitar passivos trabalhistas

automação RH

Se funcionários preenchem a folha ponto de qualquer jeito, apenas para se livrar de mais uma obrigação, o documento não reflete a verdade sobre as horas trabalhadas. Esse é o argumento muitas vezes utilizados em processos trabalhistas, que geralmente têm ganho de causa para o trabalhador. 

Porém, com a automação do departamento de RH, não existe esse risco. A folha de pagamento é gerada com base em dados precisos e verdadeiros, sobre horários exatos do início e fim de turno dos colaboradores.

4. Controlar horários em tempo real

Como saber se um funcionário chegou atrasado? Ou se faz mesmo as horas extras que informa na folha ponto? 

Esse controle é praticamente impossível em registros manuais, mas com um terminal biométrico, ele está acessível a qualquer momento, para o gerenciamento completo da jornada de trabalho.  

Todos esses detalhes também reduzem a possibilidade de falhas humanas, com as informações registradas e disponíveis de forma digital.

5. Confirmar leitura de notificações e advertências

Algumas tecnologias já em uso em terminais biométricos também permitem que avisos, notificações e advertências sejam enviadas através do equipamento. Quando o colaborador registra a biometria, também recebe o aviso que, consequentemente, tem a leitura confirmada

Trata-se de mais uma proteção contra processos futuros, em especial, pela falta de avisos frequentes aos colaboradores sobre exigências trabalhistas. Um dos exemplos se refere ao uso de Equipamentos de Proteção Individual, que trabalhadores tendem a informar desconhecer, quando movem processos contra condomínios e não há documento que comprove o contrário.administradora digital

Escreva um comentário